Tente escapar….

Tente escapar….

 

A gente nasce e vai recebendo um manual; dos pais, das avós, tias, escola, religião, vizinhos, fofoqueiros e dos desocupados de plantão.

E os tontinhos vão salvando todos os “tem que” como sendo regras absolutas.

Obedece, obedece, obedece! punição, ameaça, esconderijos, mentiras, frustrações, humilhações, cabeça baixa, inveja: cavernas das dependências das regras dos outros.

E um dia na terapia, na vida, nos sustos e no encontro com tua verdadeira natureza descobre que esses “tem que” eram, em sua maioria, uma questão de quem ditava as regras, dos medos e cobiça deles.

“Além de ser impossível agradar a todos é totalmente desnecessário” (palavras de Ana Suy), só serve para você se perder de si mesmo.

Você cresceu, sabe o que realmente importa; melhor não se abandonar nos desejos dos outros! Busque os teus…escape…sorrindo.